Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Página Inicial -> Técnico Integrado em Automação Industrial

Técnico Integrado em Automação Industrial


O curso Técnico Integrado em Automação Industrial oferecido pelo Câmpus Senador Canedo do Instituto Federal de Goiás (IFG) tem como objetivo a formação de técnicos de nível médio aptos a atuar nas diversas áreas da automação industrial de forma competente, criativa, ética, empreendedora e cidadã.

Público-alvo: jovens e adultos que tenham concluído o ensino fundamental ou equivalente.

Admissão: processo seletivo universal.

Número de vagas: 30 vagas anualmente.

Duração: 3 anos

Regime: tempo integral (matutino e vespertino)

Carga horária: 3722 horas.

Área de atuação

O Técnico em Automação Industrial pode atuar em indústrias químicas, petroquímicas, siderúrgicas, metalúrgicas, centrais de energia elétrica, usinas de cal e cimento, empresas de fundição, fabricantes de cerâmicas, laboratórios de controle de qualidade e pesquisa, agroindústrias, empresas prestadoras de serviços e indústrias em geral.

Perfil do profissional egresso

Profissional qualificado em aplicar em seu trabalho conhecimentos teóricos e práticos de forma objetiva, devendo estar capacitado para:

  • Analisar equipamentos de automação para: reparo, testes, configuração, calibração e detecção de defeitos;
  • Analisar e desenvolver sistemas de comando e controle de sistemas pneumáticos e hidráulicos aliados à eletroeletrônica;
  • Programar, instalar e configurar sotfwares de supervisão e controle;
  • Especificar e configurar sistemas de redes de comunicação industriais;
  • Identificar os diversos tipos de equipamentos de produção industrial;
  • Supervisionar projetos de instrumentação e controle. Identificar estratégias de controle em processos de produção industrial;
  • Sintonizar e otimizar malhas de controle de processos industriais;
  • Identificar sistemas instrumentados de segurança e intertravamento;
  • Estimular a capacidade de interação com as temáticas referentes à diversidade social, cultural e étnica, a sustentabilidade ambiental e social, o tratamento das questões relativas aos direitos humanos, ao envelhecimento e o respeito e convívio com as diferenças, dentre elas o reconhecimento e a incorporação do aprendizado de novas formas de linguagem;
  • Posicionar-se criticamente diante de alternativas e projetos de desenvolvimento econômico, social, político e cultural em debate na sociedade e de tendências de desenvolvimento da ciência e tecnologia e seus reflexos sociais e ambientais na aplicação aos processos produtivos e de trabalho.
  • Ter iniciativa e liderança na tomada de decisões;
  • Articular com equipes em prol do planejamento de metas na execução de tarefas no ambiente de trabalho e na vida pública.